O retorno de Boardwalk Empire, Dexter e Homeland

Estamos na metade de setembro e isso significa que é hora de regular nossos HDs. Eles vão receber algumas das minhas séries preferidas, começando por Boardwalk Empire. Depois de uma segunda temporada complexa e surpreendente como o inferno, tudo indica que Boardwalk Empire vai manter o ritmo, apesar da ausência do meu personagem favorito; o petulante, pirralho, sofrido e violento, Jimmy. O trailer “tem toda uma simbologia” e pode ser interpretado assim.

TRÊS coisas de Nucky caem na LAMA: a arma, a aliança e a flor que carrega na lapela. Das três ele só resgata uma, a arma, que simboliza seu lado bandido. O anel, que simboliza seu casamento, e a flor, que simboliza sua imagem pública, ficam na mesma LAMA que Jimmy.

nucky thompson

Vamos ter mais gangsters e menos romace? SIMMMMMM. Mais morte e menos politicagem? SIMMMMMM. De acordo com Terence Winter, criador da série, o tiro que ecoou no último episódio ricocheteou, e muito, na sequência, programada para estrear dia 16. A nova temporada será aberta na véspera do ano novo de 1922 – com a  Lei Seca mais dura e as coisas um pouco mais violentas – um ano após o final emocionante da season 2.

Também vem aí

Revenge, o novelão que inspirou Avenida Brasil, retorna no dia de Dexter, que finalmente vai lidar com Deb e seu passageiro sombrio numa virada que promete ser emocionante. Os advogados da chata The Good Wife também retornam no dia de Dexter, assim como Homeland, que disponibilizou 20 minutos do primeiro episódio aqui. E na nova temporada de The Big Bang Theory, Sheldon e Amy parecem estar em terreno movediço. Ele vai ser capaz de reconquistá-la? Começa no dia 27. O piloto de Revolution  é uma confusão de clichês do gênero, mas talvez mereça uma chance, nem que seja para acompanhar o grande Giancarlo Espósito em sua carreira pós-Breaking Bad.

Anúncios