GOT S03E07: A doce companhia de Papai Lannister

Quando Tywin Lannister entra em cena, é como se todo o poder disponível de King’s Landing estivesse com ele. É um personagem que ao dizer o mínimo diz o máximo e que brilha até quando está errado. A maioria das pessoas odeia ele, mas eu estou fortemente na oposição. [alguns spoilers para quem não viu a partir de agora]. No sétimo episódio da terceira temporada, o único dos dez roteiros escrito por George Martin, Tywin colocou Joffrey em seu lugar. Apesar de vermos, pela primeira vez na vida,  Joffrey certo sobre alguma coisa: os dragões de Daenerys.

papai lannister game of thrones

Por falar nela, “A Mãe dos Dragões” não está em busca de paz. Ela está empenhada em libertar todos os escravos. Do outro lado, vimos Brienne lutar com um urso (sim, essa cena foi gravada com um urso vivo). É interessante que Jaime use somente palavras para salvar Brienne – o que mostra uma mudança na personalidade do Regicida. Ele não é o mesmo homem que empurrou Bran da torre no piloto da série. Como Cersei responderá a essa nova personalidade? Não sei e pouco me importa. Tudo que eu quero ver é o olhar “entusiasmado” e sem afeto do Papai Lannister ao cumprir o seu doloroso dever: dar ordens.

Anúncios