Ray Donovan não é genial, mas é muito boa

Ray Donovan  chega em um momento muito chato para a televisão: o fim de Dexter, Breaking Bad e Mad Men, que se despede no ano que vem. Ray, assim como os protagonistas dessas séries, é um anti-herói de poucas palavras e cheio de segredos.

ray donovanSeu conflito existe dentro do mesmo conceito utilizado brilhantemente com Dexter Morgan: a ética de situação. Em outras palavras, dá para justificar alguns certos princípios morais a fim de defender um bem maior? É certo fazer o errado para fazer o certo?

O bem maior, no caso de Ray, é proteger sua família do próprio pai, interpretado por Jon Voight (pai da Angelina Jolie). Ray é interpretado por Liev Schreiber, cuja atuação consegue ser sedutora sem parecer indiferente – coisa que John Ham não conseguiu tão rápido em Mad Men.

No Brasil, a série é transmitida pela HBO. Programação aqui.

Anúncios