[Breaking Bad] Jesse e a metáfora do cachorro

#Nem pense em ler se você ainda não viu o último episódio.

Breaking Bad começa a superar todos os outros finais de séries de uma maneira importante porque esta é uma história com fim – diferente de Sopranos, com final projetado para nos fazer pensar sobre o show, ou de Dexter, a novela mexicana que se estendeu demais.

Temporadas finais são historicamente complicadas porque quem cria uma série nunca sabe quanto tempo ela vai durar – este é um dos maiores problemas da tv atualmente e é explicado com detalhes no livro Difficult Men. As vezes o dinheiro é tão bom que o showrunner simplesmente continua criando episódios e esticando a história (Dexter). O contrário também acontece com criadores literalmente implorando por um fim (Sopranos, House).

final de breaking bad

Vince Gilligan, ao contrário de muitos outros showrunners, teve uma carreira de sucesso no cinema antes de ir pra televisão e entende as virtudes de guardar o melhor para o final. É por isso que somos pegos toda hora fazendo previsões baseadas em clichês usados antes, mas que nunca teriam espaço em Breaking Bad.

Na semana passada, Gilligan nos enganou (episódio To’hajiilee) por exemplo,  ao sugerir que o final seria parecido com os finais de outras séries de ação: o policial mocinho coloca a algema no criminoso e recita seus direitos. Agora ele nos engana de novo ao sugerir uma última visão para Jesse diante da morte: dois passarinhos voando livres num céu completamente azul – uma referência clara a metáfora dos patos usada em Sopranos.

O problema do cachorro

Depois de Walt ver o cunhado levar um tiro no rosto, entrar numa briga violenta com a esposa, sequestrar a filha, confessar para seu parceiro que viu o amor da sua vida sufocar até a morte e partir em silêncio sob o sol do Novo México – partir no sentido de começar uma vida nova – eis que um cachorro se torna o grande mistério do momento. Neste ponto, é bastante óbvio que quase nada em BB é coincidência. O cachorro é uma referência aos episódios “Problem Dog” e “Rabid Dog”, isto é, a Jesse, mas o que significa não se sabe. Aposto em três situações.

1) Se o cão simboliza Jesse e o cão atravessa a rodovia logo depois da partida de Walt, isso pode simplesmente significar Walt deixando Jesse pra trás.

2) Por outro lado, pode ser um sinal de que Walt pode voltar para salvar Jesse

3) Ou o cão atravessando a estrada é uma mensagem sutil de que Jesse é parcialmente responsável pela loucura de Walt ou pelo menos mais culpado do que muitas pessoas gostam de pensar?

Anúncios