Teorias sobre o final de Mad Men: Megan Draper é Sharon Tate?

As teorias que ligam o personagem de Megan Draper aos assassinatos de Charles Manson ganharam mais força desde que a última temporada de Mad Men estreou domingo passado.

Lembrando que todo esse debate começou em 2013, quando a mulher de Don Draper apareceu vestindo a mesma camiseta que a atriz Sharon Tate,  então esposa do diretor de cinema Roman Polanski, vestiu em 1967.

mad men teorias

Não existem coincidências em Mad Men.

Megan agora mora sozinha em Los Angeles, cidade onde o crime aconteceu, numa área sem muita segurança, no momento em que toda a coisa do hippie passa a se tornar obscura.

O Vulture entrevistou um especialista em psicologia forense, que analisou todas as referências que podem ligar Megan à Manson. Estas são as principais:

  • Megan e Don ouvem um coiote uivando fora de sua casa. Coincidência?

A última refeição de Tate aconteceu em um restaurante chamado El Coyote Cafe.

  • Peggy segura uma embalagem de Folgers enquanto conversa com Ted. Stan entra e diz algo como: “Esse papo não era sobre café.” Coincidência?

Abigail Folger, herdeira da marca, foi uma das vítimas de Charles Manson.

peggy segurando folgers teoria mad men

  • Na última temporada, quatro personagens viram “O Bebê de Rosemary”, de Polanski. Sally Draper apareceu lendo o romance. Coincidência?

A publicidade é sobre o controle da mente e O Bebê de Rosemary também. Quando morreu, Tate era casada com Polanski.

sally draper mad men livro o bebe de rosemary

  • Há um momento que Betty diz para Don: “o bem não está vencendo.” Esse era o sentimento de insegurança pós -Manson. Coincidência?

Todos as conexões e relacionamentos, por mais que os personagens de Mad Men tentem, não estão funcionando. Essa foi realmente a sensação da época.

 

 

Anúncios