agosto 29

The Knick: Soderbergh pode mudar regras da TV

Então eu assisti os dois primeiros episódios de The Knick, nova série do Cinemax.

The Knick não é uma série qualquer. É  um trabalho apaixonado e perverso do brilhante Steven Soderbergh – lembrando que ano passado ele anunciou aposentadoria do cinema após  lutar contra os problemas de distribuição.

Uma das razões pela qual eu amo televisão é que este é um meio de roteiristas. Ao contrário do cinema, onde os diretores levam todo o crédito e culpa, a TV é ditada pela página.

Como alguém que se preocupa com a história acima de tudo, este desequilíbrio nunca me incomodou – prefiro mil vezes analisar entrelinhas que “sequência de planos-detalhe” – mas preciso confessar que The Knick  me fez repensar minhas prioridades.Soderbergh não só dirigiu todos os episódios da primeira temporada (que eu vi dois), mas também operou a câmera e editou tudo.

 

IMG_4558.GIF

Sobre o que é THE KNICK

Na virada do século 20, quando a medicina ainda era praticada em barbearias ou clandestinamente,  médicos protagonizam verdadeiros shows nas salas de cirurgia – com direito a plateia ao vivo. Este é o cenário onde está o Dr. John Thackery (Clive Owen) um cirurgião que salva vidas, mas que aparentemente odeia a humanidade, incluindo ele mesmo. É a mesma premissa de House, mas ambientada no ano 1900. Assim como Dr House, Dr Thackery também funciona melhor sob efeito de drogas.

Coincidências que param por aí.

No momento em que eu comecei a me perguntar se The Knick não passava de uma variação do velho drama médico, a câmera de Soderbergh me deu um tapa e levou a dúvida pra longe.

IMG_4559

Mais três coisas precisam ser ditas:

  1. Clive Owen está absolutamente incrível e esta é a melhor de todas as suas atuações. Sinto que essa pode ser uma virada na sua carreira.
  2. Esta é uma série com sequências cirúrgicas que podem perturbar almas sensíveis.
  3. A obsessão pelos tons vermelho e branco é quase obsessiva. O jaleco brilha. O piso do hospital brilha. Mas daí você vê os médicos operando sem luvas e percebe que não passa de uma ironia.
Anúncios